Executivo da Delta fala sobre empreendedorismo e transformação digital no transporte

10.06.2021 - Fonte: Seguro Gaúcho

SEGURO-GAUCHO

O CEO do Grupo Delta, Nícolas Galvão, participou de um bate-papo com o Head Officer da Randon Ventures, Mateus Abreu, a respeito de empreendedorismo e transformação digital no transporte. A atividade virtual, que aconteceu na noite de terça-feira, 08 de junho, integrou a programação da Fetransporte Brasil Conference 2021.

O executivo da Delta e seu colega da Randon Ventures apresentaram experiências que têm a tecnologia como foco, falaram de estratégias e compartilharam conhecimentos. O diálogo mostrou a sinergia entre as duas empresas, já que em fevereiro de 2021 a Randon se tornou acionista da Delta.

Já no início de sua participação Nícolas disse que considera tantos os corretores de seguros como os players do mercado segurador empreendedores. Em sua avaliação é muito positiva a iniciativa da troca de conteúdos sobre empreendedorismo.

O CEO da Delta argumentou que uma startup constrói sua estrutura sobre bases de inovação, tecnologia, metodologias novas e produtos e serviços novos. Diante desse argumento, Nícolas perguntou para Abreu como que surge esse desafio de inovação dentro de uma empresa como a Randon que possui 70 anos de mercado e é considerada de porte grande? O Head Officer da Randon Ventures respondeu que a inovação sempre esteve presente no DNA da multinacional brasileira: “nos últimos seis anos nossa organização fez um grande diagnóstico interno para compreender alguns movimentos que aconteciam no mercado, como a transformação digital e a de pessoas. A Randon acredita que a tecnologia é um meio e não um fim e que a transformação é muito mais cultural do que efetivamente digital”.

Abreu explicou que entre os objetivos da Randon Ventures está a busca por ganhos financeiros e ganhos estratégicos. Especificamente sobre aproximação da Randon com as startups, a empresa procura ofertar para aquelas que forem selecionadas alguns benefícios: “entre eles o capital, uma rede de acessos, seja de distribuição ou de parceiros estratégicos. Um ponto muito importante é que as startups escolhidas tenham sinergia com alguma empresa do nosso grupo, que é o caso da Delta”. Nícolas complementou ressaltando que essa questão é o exemplo daquilo que o mercado denomina de Smart Money: “trata-se do dinheiro com algum tipo de suporte e não apenas só o capital”. Dentro dessa ideia apresentada, o CEO da Delta relembrou uma frase que ele havia escutado: “fundos e grandes empresas investem em empreendedores e não naqueles que são apenas investidores”.

Ao relembrar as origens da Delta, o executivo argumentou que no passado a empresa vislumbrou um mercado amplamente concentrado com poucos players no segmento de plataformas de assistência. “A partir dessas percepções desenvolvemos toda a parte de plataformas de assistências para frotas, tecnologia, fábrica de softwares. Isso acabou tendo muito êxito e hoje a Delta é uma das referências no mercado nesse tipo de serviço”, salientou Nícolas.

Durante o bate-papo virtual entre Nícolas Galvão e Mateus Abreu foi possível acompanhar o compartilhamento de experiências das duas empresas, as perspectivas e oportunidades e até a filosofia do Grupo Delta e da Randon Ventures.

Saiba mais

A Delta é especializada em tecnologia e serviços para o mercado de transportes e seguros, com soluções voltadas a gestão completa de frotas e para corretores de seguros do segmento. Fundada em 2015, a tecnologia da empresa já foi adotada em mais de 200 mil veículos, sendo 100 mil caminhões. Criada em fevereiro de 2020, a Randon Ventures é uma unidade de investimento em startups das empresas Randon, cujo foco é a inovação no mercado de transporte como principal negócio.

Notícias Relacionadas