Porto lança simulador para facilitar a decisão de ter um carro

18.05.2022 - Fonte: CQCS

7897

Na hora da compra de um carro é preciso olhar diversas especificações e modelos, assim como é necessário entender o que cabe no orçamento e qual é a melhor opção financeira para se ter o veículo, seja financiamento ou assinatura. Pensando nisso, a Porto lançou nesta terça-feira (17), um simulador que compara as duas modalidades de contratação.

O superintendente do Carro Fácil, David Pereira, selecionou quatro dicas para auxiliar na escolha do modelo ideal. Confira:

1. Leve em conta sua necessidade e rotina

Listar as características dos carros, se empolgar com os detalhes de seu design e as funções tecnológicas extras e analisar o orçamento ainda não é o bastante para escolher o veículo ideal. Segundo David, é necessário que tenha em mente uma questão essencial: o que eu realmente preciso em um carro para atender a minha rotina?

“Refletir sobre o próprio estilo de vida, número de pessoas na família, se mora na cidade ou no interior e qual seria a principal função do veículo, como ir ao trabalho ou viajar, podem ser fatores que direcionam a decisão para modelos específicos”, explica o executivo.

2. Faça um Test Drive

Tão importante quanto pesquisar e planejar é testar aquele produto que está adquirindo. Por isso é importante fazer o teste antes de tomar qualquer decisão. Para facilitar a avaliação, faça um checklist com os modelos, colocando aquilo que julga importante, e atribua notas. No final, a quantidade de pontos pode determinar a melhor opção de compra.

“De nada adianta encontrar o modelo perfeito na teoria, mas não ser um carro realmente adequado para a sua rotina e que ofereça segurança, economia, conforto e boa dirigibilidade. O test drive é capaz de sanar todas essas dúvidas e tornar a escolha mais segura, com menos chances de arrependimento”, explica David.

3. Examine o seu orçamento

Supondo que você já tenha ideia de qual modelo combina mais com o seu perfil, e de que você já esteja entrando na fase de compra, é essencial saber se esse carro realmente cabe no seu orçamento. Tenha em mente que, junto do carro próprio, vem uma série de taxas, como impostos, seguros e manutenção.

“Analisar a forma de pagamento é tão importante quanto pensar no veículo. Pensar em longo prazo, sem esquecer dos custos extras e da depreciação do carro, além das parcelas e valor de entrada. Tudo isso é fundamental para que as coisas não fujam do controle”, acrescenta.

4. Analise as formas de pagamento

Seja um carro zero quilômetro, um seminovo ou um usado, adquirir um novo automóvel não significa só escolher um modelo. É necessário optar pela forma de pagamento. David explica que quem não consegue comprar um carro à vista precisa escolher entre o financiamento ou o leasing, mas podem se surpreender com o valor final por conta dos juros.

“Uma boa alternativa pode ser a assinatura. Esse modelo de negócio vem crescendo a cada ano e se tornando uma das opções mais inteligentes para ter um carro novo à disposição, facilitando a troca após um ou dois anos por um modelo mais recente”, aponta David. Ele acrescenta, ainda, que os planos de um carro por assinatura incluem alguns custos que a pessoa teria que pagar caso comprasse um carro, tais como IPVA, documentação, seguro, manutenção e serviços de guincho.

No Carro Fácil da Porto, o pagamento da assinatura é realizado em parcelas fixas, e os clientes têm benefícios como Tag Porto ConectCar, assistência 24h, serviço Leva e Traz e seguro residencial. Vale ressaltar que, o valor da assinatura pode variar de acordo com a duração do contrato e a quilometragem. Por isso, é importante estudar os hábitos do dia a dia antes de fazer a cotação de um carro por assinatura.

Mais informações sobre o Carro Fácil da Porto e do novo simulador de compra estão disponíveis no site.

Notícias Relacionadas